Sobre

Tramundo_L%C3%83%C2%ADvia_edited.jpg

"Frescor e calor jovial unidos em voz agilíssima [...], dá triplos saltos carpados na voz sem perder a naturalidade entoativa”

Zé Miguel Wisnik, encarte De Nada Mais a Algo Além

"Impressionante! [...], tranquilamente uma das maiores vozes de sua geração

Arrigo Barnabé, entrevista para Banda Desenhada

"Impressionantemente precisa sin perder la ternura

João Cavalcanti, blog Toda Canção

"Presença luminosa, avassaladora, [cuja voz é] uma das maiores realizações da canção brasileira contemporânea"

Marcos Lacerda, Revista Polivox

"Com dicção clara e recursos aparentemente ilimitados, Lívia esbanjou na voz a categoria que seus “padrinhos” [Arrigo Barnabé e Luiz Tatit] esbanjaram na composição. Veio pra ficar."

Paulo Costa e Silva, O Globo

 

"Fiquei completamente encantada com a forma como ela canta"

Monica Salmaso, depoimento

Lançou os discos DUO (2012), com Fred Ferreira, Pós Você e Eu (2016) e Sarabanda (2020), com Arthur Nestrovski e De Nada Mais a Algo Além (2014), com Luiz Tatit e Arrigo Barnabé, que referiu-se a ela como "tranquilamente uma das maiores vozes de sua geração”. É bacharel em Música Popular pela UNICAMP e mestre em Musicologia pela UniRio. 

Seu projeto mais profícuo é o duo ao lado do guitarrista Fred Ferreira. Com ele, apresentou-se em teatros e festivais de 16 países, em locais que se estendem da Amazônia ao Monte Líbano, de festivais de literatura em cidades medievais a aldeias indígenas em áreas remotas do sertão brasileiro, do evento de moda mais icônico da América Latina a importantes teatros de Nova York. Em 2017, foram os primeiros artistas brasileiros a pisar na Síria desde o início dos conflitos no país, apresentando-se na Ópera de Damasco em um evento promovido pela Embaixada do Brasil. Em 2018 produziram e tocaram ao vivo a trilha sonora do desfile histórico da SPFW As Mudas, de Ronaldo Fraga, que é também quem assina seus figurinos.

Além disso, suas performances incluem teatros e festivais como Brasil SummerFest - NYC, Teatro São Luiz - Lisboa, Mapas Mercado Cultural - lhas Canárias, Jazzkaar - Estônia, Casa da Música - Porto, Palazzo Pamphilj - Roma, Fundação Gulbenkian - Lisboa, Auditório Ibirapuera - São Paulo, Sala Cecília Meireles - Rio de Janeiro, entre centenas de outros.

Como solista convidada, já se apresentou à frente de orquestras como Jazz Sinfônica (Sala São Paulo), University of Illinois Jazz Concert Band (EUA), Orquestra Petrobrás Sinfônica (Theatro Municipal do Rio de Janeiro, cantando a Sinfonia n.3 de Bernstein sob regência de Isaac Karabtchevsky), Nelson Ayres Big Band entre outras. 

Em 2019 ganhou o Prêmio Profissionais da Música na categoria Cantora.

© 2023 por Rafa Dias. Orgulhosamente criado com Wix.com